8 de julho de 2014

Nem sempre a primeira impressão é a que fica.

Amo fotografar lugares e este é o trigésimo post sobre viagem, o que confirma a minha paixão.  Graças ao tema, ganhei motivação para voltar aqui e sacudir o pó acumulado do blog. O legal de deixar os registros neste espaço é que eles viram uma espécie de diário com histórias contadas através de imagens, onde posso facilmente retornar, acessar e rever o que eu quiser. :)

Vamos combinar que o pano de fundo não é lá nenhuma novidade. Afinal, Buenos Aires é um destino queridinho por muitos e eu, sinceramente, nunca consegui entender bem o porquê as pessoas gostavam tanto da terra de los hermanitos. Já havia visitado uma vez e não tinha achado muita graça. (Sério, acho que eu era a única pessoa com esta impressão de Bs.As. hehehe)

Mas, ainda bem que eu resolvi dar uma segunda chance e desta vez tudo mudou: caí de amores pela capital porteña.   Fiquei encantada com a sua belíssima arquitetura, adorei caminhar pelas ruas da Recoleta e aproveitar o clima delicioso de final de outono.  A viagem rendeu muitos cafés e um amor à segunda vista.

A minha melhor dica de viagem sempre vai ser: estude o que há na cidade e crie o melhor roteiro PARA VOCÊ. Por isso, eu prefiro não relatar dicas e deixar apenas uma seleção de fotos que fiz entre um alfajor aqui e outro ali. ;)




























Cada um vê o mundo do seu jeito e cada fotografia vira a sua história com o lugar.

As fotos foram feitas com a minha câmera amada - uma  não tão nova Canon XSi e o bom companheiro de aventuras, o iPhone.

Para fechar bem no clima, o vídeo de um cantante Argentino que eu adoro: Fito Paez



Até a próxima! ;)

7 de abril de 2013

Dica de Fotografia - Composição 1



























Todas as fotos são do meu Instagram (@flavianahf) e têm o Rio de Janeiro como tema. 

Poder fazer fotos interessantes com o celular é a maior mão-na-roda. As imagens são bacanas, é rápido, prático e se a sua internet permitir, você ainda posta na mesma hora nas redes sociais.  Não é à toda que virou febre total.

Mas, para deixar as fotos ainda melhores, podemos usar algumas ferramentas e técnicas básicas. O que é válido também para qualquer câmera.


Composição

Composição é como você arruma os elementos da sua foto; então, pode ser considerado o item mais importante na fotografia de celular.  Ou melhor, o segundo mais importante. O primeiro é sempre a luz.

A Regra dos Terços é uma regrinha básica e bem conhecida na fotografia. Basta você pensar em uma grade, como se fosse o "jogo da velha", cobrindo uma imagem e posicionar o assunto principal em um dos pontos. Importante também é perceber as linhas horizontais e mantê-las sempre retas. Veja o exemplo abaixo e como a linha do horizonte está bem retinha. 

ImageProxy.mvc.jpg


Esta regrinha funciona muito bem nos poderosos smartphones que circulam por aí. Você pode e deve incluir a grade no seu visor. Eu aconselho que o faça já.  No caso do iPhone, basta ir até a câmera, clicar em opções e ativar a grade. 

Sei que esse papo é batido, típico feijão com arroz para quem já sabe um pouco de fotografia; no entanto, muitas vezes, me encontro explicando o assunto para amigos. Certamente, para quem não entende muito de fotografia, pode ser um importante passo para fotos mais interessantes.  

É essencial parar e pensar dois segundos (ou quantos você achar necessário) para "arrumar a sua foto". Olhar o que está atrás do seu tema principal, verificar se não há nenhuma árvore, galhos, postes ou lustres criando chifres nos modelos. hahaha Eu já vi acontecer. E se tiver algo do tipo, mexa-se, peça para quem está sendo fotografado que se movimente, o que for, e pode acreditar, vai valer a pena.

Composição pode ser percebida em pinturas, filmes (quando penso em fotografia de filmes, "Encontros e Desencontros" é o primeiro que me vem à cabeça)  e, para fechar o post, assista ao clipe Felicidade, pois acho que tem uma composição bem legal. O cenário é simples e em algumas cenas nem é assim, vamos dizer, o que convencionalmente chamaríamos de belo, mas as imagens são muito bem feitas e o resultado ficou legal. Fofo no mais alto grau. rsrsrs



Beijos e até a próxima,

Flaviana










2 de abril de 2013

Fotografando Festas Infantis

Durante o final de semana, estava conversando com minha irmã sobre o quanto está difícil encontrar uma casa de festas infantil que tenha a constante preocupação de ter tudo sempre muuuuuuuito bem conservado. Parece que o mais ou menos está bom. Às vezes encontramos paredes que precisam ser pintadas, piscinas de bolinhas com as ditas cujas pra lá de capengas, brinquedos mal conversados e mesas de bolo pouco modernas. Esse assunto é meio chato, eu sei, mas para quem fotografa festas fica difícil ignorar esta questão.  O local serve de cenário e quando você tem uma parede feia ou um painel todo desbotado, como já vi, cria um impacto negativo nas fotos, e ao contrário do que muita gente pensa, Photoshop não resolve tudo. A gente, que fotografa, tenta dar um jeito, claro! Sempre há algum cantinho que merece destaque, e a gente vai lá e usa e abusa. :)

E por que estou escrevendo tudo isso? Sempre prefiro abordar o que há de BOM, mas acontece que desse papo que tive com minha irmã, me dei conta de que não tinha postado as fotos da Luísa, de suas festas de 4 e 5 anos! Como pode? As fotos dela são uma tradição por aqui. :)

Selecionei algumas para não quebrar o ritual e para dizer que esta roupinha rosa da Minnie ficou a coisa mais fofa do mundo na Luísa! Hahaha







Estou pensando em fazer alguns posts falando de fotografia com o celular.

Vamos combinar que o negócio é práctico, vai. Você faz as fotos, dá um jeitinho para valorizar e pronto, em 2 minutos você já espalhou nas suas redes sociais e aí é só ficar de olho nas curtidas e nos comentários. Divertido, não? :)

Vamos falar mais sobre isso nos próximos posts.

Um beijo,

Flaviana

18 de março de 2013

Daianne & Carlos

Eis aqui o álbum de um lindo casal:

29 de janeiro de 2013

Chuva de Pétalas - Casamento Erica e Marcio

É mesmo muito curioso como a energia e a personalidade, tanto dos noivos como também dos convidados, transbordam e imprimem toda a personalidade do grande dia. 
E isso não tem nada a ver com a escolha das flores, do vestido ou da cor da decoração. Não, não, estou falando de energia, pura e exclusivamente de energia. 

Casamento é emoção, alegria, festa, celebração da união. Eu adoro todo esse pacote, mas tenho de dizer que fica ainda melhor quando a gente faz uma participação especial de madrinha, e ainda brinca de fotógrafa. Nada mais divertido! ;)
E foi assim no casamento da Erica e do Márcio, dois amigos queridos. 

Minha irmã, Andréa, também tirou algumas fotos durante a cerimônia, e nós duas nos revezamos com a câmera durante toda a festa. Com isso, sobrou tempo e mãos livres para o Open Bar. U-huu. \ o /

As fotos já bombaram lá pelo facebook e (só) agora vou postar algumas aqui.















A minha foto favorita!!!  Amei demais registrar esta emoção.






Ainda vou postar aqui outros eventos, e dicas de uma câmera ideal para quem busca um equipamento que não seja necessariamente um equipamento profissional, mas quer algo de respeito! :)

Tenham uma ótima semana!

Beijos,

Flaviana











19 de janeiro de 2013

Every siren is a symphony

"Toda sirene é uma sinfonia".  Este é a tradução do título do post.

Acho que esta frase da música "Every Teardrop is a Waterfall", do Coldplay, combina bem com Nova York.  Cidade do caos, do barulho, da confusão, do corre-corre, e ainda assim tudo, mas tudo mesmo, ali junto e misturado, parece compor uma perfeita sinfonia.

E falo isso porque fechei 2012 por lá, assim ó...

Admirando as cores de um outono chegando ao fim
 



No meio de um clima de Natal lindo e divertido.
Não sou de fotografar estranhos, mas resolvi gastar um fim de tarde 
me dedicando apenas em observar o movimento e fotografar 
todo esse "vuco vuco":)







 Curtindo o sol outonal, tudo que alguém pode querer da vida

E também a luz de fim de tarde. A noite chegando cedo, cedo

Visitando museus, que são lindos por dentro e por fora! Este aqui é o Museu de História Natural




Metropolitan - ou Met, para os íntimos


Comendo o que não podemos chamar de culinária de primeira, mas quem se importa?




Passeando pelas ruas...


 

A primeira compra na loja de Lomografia! ;)

 






Pensando... como esse piano chegou aqui e onde ele fica guardado?

:)



Este post é para começar o ano com o pé direito aqui no Blog! 

Ainda posso desejar Feliz Ano Novo, né? O Carnaval ainda não chegou, e por isso posso! ;)

Espero que 2013 seja o ano de suas vidas!

Promessa de Ano Novo: postar mais. Será que consigo? :)

Beijos e até a próxima! 

Flaviana
 

Template por Kandis Design